25 de Abril, dia da Revolução

13062478_10154694252128238_1903594940925649238_n

Dão-nos um lírio e um canivete
E uma alma para ir à escola
Mais um letreiro que promete
Raízes, hastes e corola

Dão-nos um mapa imaginário
Que tem a forma de uma cidade
Mais um relógio e um calendário
Onde não vem a nossa idade

Dão-nos a honra de manequim
Para dar corda à nossa ausência.
Dão-nos um prémio de ser assim
Sem pecado e sem inocência

Dão-nos um barco e um chapéu
Para tirarmos o retrato
Dão-nos bilhetes para o céu
Levado à cena num teatro

Penteiam-nos os crâneos ermos
Com as cabeleiras das avós
Para jamais nos parecermos
Connosco quando estamos sós

Dão-nos um bolo que é a história
Da nossa historia sem enredo
E não nos soa na memória
Outra palavra que o medo

Temos fantasmas tão educados
Que adormecemos no seu ombro
Somos vazios despovoados
De personagens de assombro

Dão-nos a capa do evangelho
E um pacote de tabaco
Dão-nos um pente e um espelho
Pra pentearmos um macaco

Dão-nos um cravo preso à cabeça
E uma cabeça presa à cintura
Para que o corpo não pareça
A forma da alma que o procura

Dão-nos um esquife feito de ferro
Com embutidos de diamante
Para organizar já o enterro
Do nosso corpo mais adiante

Dão-nos um nome e um jornal
Um avião e um violino
Mas não nos dão o animal
Que espeta os cornos no destino

Dão-nos marujos de papelão
Com carimbo no passaporte
Por isso a nossa dimensão
Não é a vida, nem é a morte

“Queixa das Almas Jovens Censuradas”

Poema de Natália Correia

Música de José Mário Branco

Imagem de Maria Helena Vieira da Silva

Advertisements

40th Anniversary of the Carnation Revolution 1974-2014: Film Screening

ANOTHER COUNTRY | OUTRO PAÍS
Documentary

Preceded by an Introduction in English and a short film:
BEFORE TOMORROW | ANTES DE AMANHÃ

18:30 TSU building 1 room 101
English subtitles. Free entrance.

On the 25th April 1974 a military coup overthrew the oldest Western dictatorship without spilling a drop of blood. The country’s rocky path to democracy and the end of the last European Colonial Empire put Portugal in the International spotlight.
Some of the most renown photographers and documentary makers in the world flocked to Lisbon to record the events: Glauber Rocha, Robert Kramer, Thomas Harlan, Pea Holmquist, Santiago Alvarez, Sebastião Salgado, Guy Le Querrec, Dominique Issermann, Jean Gaumy, etc.
They were coming from May 68, Vietnam, Chile, and dreaming of a different world.
What did they find in Portugal? What was their take on the events?
The research for this documentary brought to light around 40 foreign films about the Carnation Revolution.

Release date: 1999/2000
Runtime: 55′
Script and directing: Sérgio Tréfaut
Photography: João Ribeiro, Rui Poças, Jon Jost
Sound: António Pedro Figueiredo, Joaquim Pinto
Editing: José Nacimento, Pedro Duarte
Production: SP Filmes
Coproduction: RTP

Awards
Best Portuguese Documentary (1999) – Festival da Malaposta
Golden Gate Award (2000) – San Francisco Film Festival

Outro_Pa_s_web_2